A influência de diferentes taxas de resfriamento de polímero PAG nas distorções em peças de aço SAE 1050 no tratamento térmico de têmpera por indução

Manoel Leandro Ribeiro Correa,Eduardo Luís Schneider, Diego da Silva MartinTassoni, Robison Mick de Oliveira, Mauro das Neves Dias,Cláudia Trindade Oliveira

Tecnologia em Metalurgia, Materiais e Mineração(2023)

Cited 0|Views0
No score
Abstract
As distorções dimensionais podem manifestar-se de forma expressiva em componentes de aço carbono, como o aço SAE 1050, após tratamentos térmicos de têmpera, devido à baixa temperabilidade dos mesmos. A taxa de resfriamento é um parâmetro do processo de têmpera que pode ser controlado para minimizar este inconveniente. Soluções contendo PAG (polialquilenoglicol) podem ser empregadas para resfriamento no processo de têmpera, permitindo controlar a severidade do resfriamento em função da quantidade de PAG na solução. O componente automotivo estudado, se localiza em uma das extremidades da junta homocinética, a qual é montada junto ao cubo de rodas do veículo. A região de montagem no cubo de rodas tem especificações dimensionais extremamente justas, o que torna ainda mais desafiador atender os requerimentos do projeto, quando é um aço ao carbono sem adição de elementos de liga. O presente estudo teve como objetivo avaliar as diferentes concentrações de PAG como meio de resfriamento, e a influência nas distorções dimensionais de uma ponta de eixo em aço SAE 1050 temperada por indução. Para isso, foram utilizadas concentrações de 5%, 10% e 15% de PAG, e avaliadas as distorções dimensionais por medições do diâmetro em três pontos da peça alinhados no sentido longitudinal após a têmpera por indução, bem como as medições da camada endurecida (dureza Vickers) e microestrutura.
More
Translated text
AI Read Science
Must-Reading Tree
Example
Generate MRT to find the research sequence of this paper
Chat Paper
Summary is being generated by the instructions you defined