Análise dos agentes, insumos e processos ligados a estação de tratamento de efluentes por tanque séptico seguido de wetland construído para comunidades rurais

Aline de Souza Silva, Adna Caroline Vale Oliveira, Carolina de Andrade Spinola,Ícaro Thiago Andrade Moreira

Revista Brasileira de Geografia Física(2024)

Cited 0|Views1
No score
Abstract
Os dados da literatura evidenciam a precariedade do acesso aos serviços de saneamento básico, sobretudo em relação ao esgotamento sanitário. Quase a metade da população rural brasileira lança seus efluentes através das fossas rudimentares, que contaminam o ambiente e geram problemas de saúde pública. Uma alternativa para minimizar os impactos negativos da disposição de águas residuárias sem tratamento prévio é a utilização da estação de tratamento de efluentes (ETE) por tanque séptico seguido de wetland construído (TS+WC). O principal objetivo deste trabalho é se debruçar sobre os custos e possíveis gargalos associados à implantação, operação e manutenção da ETE por TS+WC para comunidades rurais, bem como os aspectos legais e normativos associados ao provimento do serviço de esgotamento sanitário rural descentralizado no Brasil. Para tanto, foi realizada uma revisão de literatura baseada através da pesquisa exploratória sobre a ETE descentralizada por TS+WC em cluster sob as variáveis: funcionamento, características das comunidades, arranjos institucionais de implementação, aspectos legais e normativos, custos e financiamento. O presente estudo evidencia que, embora a ETE por TS+WC seja uma solução de baixo custo, é preciso considerar os gargalos associados ao provimento do serviço, além da necessidade de políticas públicas e discutir sobre aspectos regulatórios voltados para a expansão das ETEs descentralizadas e eficientes.
More
Translated text
AI Read Science
Must-Reading Tree
Example
Generate MRT to find the research sequence of this paper
Chat Paper
Summary is being generated by the instructions you defined